[Quadrinhos] Encadernados Star Wars no Brasil

35
257

[ad#uol-lp]

Embora os filmes sejam sucessos absolutos e inquestionáveis, nos quadrinhos a situação sempre foi mais complicada para a saga Star Wars, principalmente no Brasil. A publicação das histórias relacionadas a saga já passaram pelas mãos de várias editoras – Abril, Pandora, e na última incursão, pela Ediouro – sempre com pouquíssimo alarde e curta duração.

Ano passado, foi a vez da On Line Editora assumir a tarefa de publicar as hqs de Star Wars. Para tal, criou um título mensal de 100 páginas, trazendo 4 histórias por edição. Contrariando os mais pessimistas, essa revista resiste até hoje, atualmente na 18ª edição, duração mais longeva que qualquer título Star Wars já teve no país.

E com o bom retorno da revista mensal, a editora resolveu apostar também nos encadernados de luxo. Até o presente momento, foram lançados 4 encadernados, cada um reunindo o primeiro arco das quatro séries mensais que estrearam na revista:

Lançada em abril/2010

Star Wars: Knights of the Old Republic – O Começo (Star Wars: Knights of the Old Republic 1 a 6) 140 páginas, R$23,90

Lançada em maio/2010

Star Wars: Dark Times – O Caminho para Lugar Nenhum (Star Wars: Dark Times 1 a 5) 116 páginas, R$19,90

Lançada em junho/2010

Star Wars: Legacy – Ruptura (Star Wars: Legacy 1 a 6) 140 páginas, R$23,90

Lançada em junho/2010

Star Wars: Rebellion – Meu Irmão, Meu Inimigo (Star Wars: Rebellion 1 a 5) 116 páginas, R$19,90

Muitos podem se perguntar a vantagem de comprar esses encadernados. Primeiro, cada encadernado reúne um arco completo, ótimo para quem não aguenta ficar esperando sua conclusão por meses. Segundo, a qualidade gráfica superior. enquanto na revista mensal, essas histórias foram publicadas em pisa brite (papel “jornal”), aqui elas saíram em papel couché, que realça muito mais a arte, além de permitir cores mais vibrantes. E por fim, a tradução. Esse sempre foi o calcanhar de Aquiles da editora On Line. Especialmente nas primeiras edições da mensal, a tradução era muito ruim, além dos erros ortográficos serem abundantes. Para esses encadernados, o texto foi revisado, trazendo um resultado mais aceitável – ainda longe de ser perfeito, pois erros ainda são encontrados. De qualquer jeito, é um avanço, principalmente pelo fato da editora estar reconhecendo sua falha e tentando melhorar.

Infelizmente, os encadernados carecem de extras: na edição de KOTOR (fotos abaixo) faltam as capas originais reproduzidas no miolo e não há nenhum extra. Folheando a edição de Legacy na banca, percebi que colocaram alguns poucos esboços no fim da edição. Ainda é muito pouca coisa, mas por declarações da própria editora, que prometeu inserir nos futuros encadernados as edições #0 dos títulos (que não foram publicadas nas mensais) talvez a situação melhore nos próximos encadernados.

A introdução do encadernado
Como a arte fica realçada no papel couché...
...mas a edição não possui nenhum extra. Cuén!

Então é isso. Aos trancos e barrancos, parece que a saga Star Wars em quadrinhos finalmente encontrou uma casa duradoura para ser publicada no Brasil. E só pela On Line demonstrar um contato de perto com os leitores e essa disposição em melhorar seu produto, já me deixa esperançoso quanto ao futuro da publicação. Os títulos ainda podem ser encontrados nas bancas, ou na loja online da editora.

[ad#ps3-jog]