CARAY! Massacraram a capa do Massacre! [ATUALIZADO]

76
211

Depois de uma semana inteira divulgando edições cabulosas durante a Black Friday/Cyber Monday, o BJC retorna para a dura realidade do mercado nacional de home video. E, mais uma vez, a Europa Filmes figura negativamente em uma notícia aqui no site, dessa vez não por ter declarado que o Blu-ray nasceu morto ou por ter mutilado ou alterado o formato de tela de um dos seus filmes. O que temos agora é um Blu-ray que teve seu lançamento atrasado, mas mesmo assim com um grotesco erro de revisão em sua capa.

O equívoco está na capa principal de “O Massacre da Serra Elétrica“, onde um bloco de texto com a classificação indicativa está absolutamente fora de contexto, deslocado para a esquerda, parcialmente sobre a arte da lombada. Não faz sentido ter este tipo de informação neste lugar, já que a classificação indicativa no Brasil está no verso, em todos os DVDs e Blu-rays que conhecemos.

Eu trabalho há anos com diagramação eletrônica, já fui responsável por um jornal mensal e editei seis livros. Posso imaginar o que aconteceu: o diagramador colou o texto (originado de uma outra arte ou de um .txt) no arquivo da capa para tirar as informações da classificação, e o restante permaneceu lá (observem a proximidade do bloco de texto com o espaço de classificação indicativa). E assim foi pra gráfica sem ninguém revisar, rodou a impressão e foi distribuído no mercado desse jeito mesmo, sem ninguém ver, ler ou questionar NADA.

O nosso colaborador Bruno Cabralconfirmou que todos os exemplares estão com o problema. Já entramos em contato com a Europa Filmes que afirmou dar um retorno a respeito do assunto (recall ou envio de capa sem o texto “perdido” é o mínimo a se fazer numa hora dessas).

Abaixo, fotos do leitor Carlos Poli, o primeiro a nos alertar sobre o ocorrido:

massacre-blu-ray2

massacre-blu-ray5

Erros podem acontecer, eu sei, e não gosto de reclamar todo o tempo (apesar de já ser conhecido como reclamão).  Mas algo deste tipo, com tamanho desleixo e falta de cuidado é a primeira vez que vejo nesses anos todos como colecionador. Isso não reflete só um problema pontual, mas sim como a Europa Filmes está tratando seus produtos, tanto no conteúdo quanto na apresentação.

E para concluir, segundo o Carlos e o Bruno, o filme tem áudio Inglês 5.1 DTS-HD MA e Português 2.0 DD. A edição NÃO POSSUI EXTRAS.

Com a palavra, Europa Filmes.

ATUALIZADO:

O BJC, através de seu colaborador Bruno Cabral, entrou em contato com a Europa Filmes. Segue relato:

Recebi a resposta, dizendo que foi realmente um erro e que seria feito um novo arquivo de impressão. Foi solicitado os meus dados para o envio do novo encarte.

Segundo a pessoa que atendeu o caso, o procedimento para receber a capa corrigida é o seguinte:

Enviar um e-mail para “saniele@europafilmes.com.br“, explicando o caso e que deseja solicitar um novo encarte, JUNTAMENTE com uma cópia da nota fiscal do produto “Blu-ray – O Massacre da Serra Elétrica” e os dados para envio do novo encarte.

A Europa ainda afirma que o processo é um pouco lento pois a impressão será feita em Manaus, e em seguida enviado para o escritório em São Paulo. Não foi informado um prazo específico, mas por enquanto, o envio não será imediato. Será solicitado um certa quantidade para atender os pedidos, então provavelmente quem comprar o lote com problema daqui há um mês, por exemplo, irá receber mais rápido.

ATUALIZADO 2:

As capas corrigidas começaram a chegar para quem solicitou!
O primeiro contato com a Europa Filmes foi em 30/11/2010, mas como havia sido informado anteriormente, essa demora era esperada. Desta forma, acredito que os próximos lotes já venham com a capa corrigida, assim como quem solicitar hoje a capa, deverá receber em poucos dias (já que a Europa Filmes pediu à Videolar uma quantidade de “estoque” para atender novos casos e que estão no escritório da produtora em São Paulo).
Recebi a minha em um envelope através do serviço E-Sedex, dos Correios.
Abaixo as imagens e a comparação com a capa antiga:

Parabéns Europa Filmes! Apesar de ter sido um erro grotesco, a produtora reconheceu o problema e imediatamente tomou providências para o envio de novas capas. Destaco que fui muito bem atendido em todos os contatos. E parabéns colecionadores! Mais uma vitória!

[ad#amzusa-bdbook2]