Coluna do Fonseca: Por que colecionamos?

99
641

coleção do fonseca dvd blu-ray

O ato de colecionar é materialista por natureza. E digo isso não como uma crítica negativa, mas apenas como uma constatação óbvia que fiz dessa atividade que mantenho. Não sei quanto a vocês, mas muitas vezes encontro-me em conflito com meu colecionismo, especialmente quando a questão financeira aperta. Seja porque gastei o que não deveria ter gastado em uma compra, seja porque desejo algo que as condições financeiras não permitem. De qualquer modo, o dinheiro influencia diretamente o ato de colecionar. Mas felizmente, não determina. E a nossa comunidade de colecionadores é prova disso.

Aqui estão desde empresários com altos salários até pré-adolescentes de famílias humildes que juntam as moedas para comprar seus objetos de desejo. Uns com mais, outros com menos dificuldades. Mas a paixão e os objetivos são os mesmos e estamos unidos por eles. Quem já estudou um pouco de psicologia sabe do “vazio” que Freud descreve e que tentamos preencher durante toda a nossa vida. O ser humano nunca está “completo”, sempre busca algo para preencher um buraco que nem mesmo ele sabe ao certo qual é. E não consigo deixar de pensar nisso a cada vez que tenho a necessidade de comprar um DVD ou Blu-ray (ou seja lá o que cada um coleciona). Já debatemos isso por aqui, em textos e Jotacasts, e o debate ocorre diariamente no Fórum do BJC. No entanto, o debate é sempre mais focado nos critérios do que nas razões para colecionar. Afinal de contas, por que a necessidade de possuir de maneira definitiva esses objetos?

Eu poderia dizer que para mim vem da necessidade e segurança de saber que terei acesso a algo que gosto muito em qualquer momento que o desejo de aproveitá-lo surja. Tranquiliza-me saber que um filme pelo qual sou apaixonado está a minha disposição em qualquer horário do dia ou da noite. É só ir até a prateleira e pegá-lo, quantas vezes eu quiser. Claro, quando misturo isso com os critérios de compra os motivos ficam menos claros. Afinal de contas, para isso que acabei de descrever, por que precisa ser uma edição especial, limitada, com luva, gift set? Bom, não precisa. Mas então por que mesmo eu, que valorizo mais os títulos que as edições, vejo-me ponderando sobre a compra de uma edição X ou Y, buscando a mais bela e completa?

Trabalhe com o que trabalhar, more com quem morar, leve a vida que levar, todos nós enfrentamos nossas doses diárias de frustração e decepção. Muitas coisas no nosso dia a dia não são como gostaríamos que fossem. Aliás, muitos de nós nem fazemos o que gostaríamos de fazer. É como se fôssemos fantoches apenas desempenhando papéis preestabelecidos e funções que outros esperam de nós. E com tudo isso, é muito compreensível que em algum campo de nossas vidas queiramos assumir o controle. Possamos ditar as regras e sermos os senhores de nossas ações. Existem mil maneiras de se fazer isso. Mas uma que todos nós temos em comum é o ato de colecionar.

Porque só quem coleciona sabe da alegria de se receber aquela encomenda tão aguardada. E se por acaso você não tem certeza sobre o conteúdo do pacote, a emoção pode ser ainda maior. Quem coleciona vive um pouco de Natal durante o ano todo. Encontrar aquela edição perdida numa prateleira de uma loja ou num anúncio na internet. Poder exibir o “troféu” com orgulho em nossas casas. Porque cada item é uma pequena vitória e quando encaramos dessa maneira, fica muito mais fácil compreender por que colecionamos. Pode ter sido uma vitória financeira, uma vitória de dedicação, uma vitória de busca, uma vitória de paciência, uma vitória que traga tudo isso no mesmo pacote. E o item que representa essa vitória torna-se objeto de afeto e admiração.

A vida é muito dura para que passemos por ela sem celebrar e enaltecer nossas pequenas conquistas. Não é à toa que o tópico Acabou de Chegar! é um dos mais visitados do Fórum do BJC. Um lugar onde essas pequenas vitórias são exibidas e comemoradas por toda a comunidade. E para mim, tudo que traga esse espírito de coleguismo e comunhão é muito, muito bem-vindo.

[ad#amzusa-bdbook2]