Quando Voam as Cegonhas e mais dois títulos da CPC-Umes

0
438

Três grandes filmes do cinema soviético da CPC-Umes chegaram aqui na fábrica de palito de dentes e sede do BJC esta semana. O lançamento do mês é o clássico de guerra Quando Voam as Cegonhas, de Mikhail Kalatozov, ganhador da Palma de Ouro de 1958. Nele, um jovem casal de namorados é separado pela convocação do rapaz para se juntar ao exército durante a Segunda Guerra Mundial.

12 Cadeiras é uma comédia baseada na obra de Yevgeni Petrov e Ilya Ilf, publicada em 1928. A história, sobre um ex-aristocrata procura os diamantes escondidos pela sogra, tem mais de dez versões filmadas (inclusive uma do Mel Brooks que por aqui se chamou Banzé na Rússia) mas esta, do diretor Leonid Gayday, é considerada a melhor delas.

Leonid Gayday também é o diretor de Braço de Diamante, considerado por muitos como a melhor comédia soviética de todos os tempos. Neste filme do subgênero “homem errado”, joias de um grupo criminoso vão parar com um simples cidadão que informa a polícia sobre o ocorrido e é usado de isca para capturar os criminosos.

Todos os filmes tem arte interna e estão em ótimas versões. Já os extras são em formato de texto.

Uma novidade legal é que junto com os filmes veio um catálogo com todos os filmes lançados pela CPC-Umes e com destaque para o próximo lançamento deles, uma versão de Anna Karenina super recente (2018).

Quando Voam as Cegonhas (1957), de Mikhail Kalatozov – IMDB: 8,3

Com Tatyana Samoylova, Aleksei Batalov, Vassily Merkurev. 96 min.

12 Cadeiras (1970), de Leonid Gayday – IMDB: 8,3

Com Archil Gomiashvili, Serguey Filippov, Mikhail Pugovkin. 161 min.

Braço de Diamante (1968), de Leonid Gayday – IMDB: 8,5

Com Yuriy Nikulin, Nina Grebeshkova, Andrey Mironov. 100 min.

Clique aqui para ir para o site da CPC-Umes.