CARAY! Universal Music erra feio, erra rude com Sandy & Junior

Fãs de Sandy & Junior reclamam de erros ortográficos e má qualidade de box

0
1167

Por Duda Gomes

Resultado de imagem para caray bjc

A mídia física acabou no Brasil? Na na ni na NÃO!

Assim que a dupla Sandy & Junior anunciou as datas da tour “Nossa História”, em comemoração aos seus 30 anos de carreira, a gravadora Universal Music prontamente abriu em seu site uma loja virtual com produtos como bonés, quadros, camisas, canecas e um box contendo todos os CDs da carreira da dupla (16 CDs) por 249,90 facadas.

Por fora, bela viola. Por dentro, pão bolorento.

Os fãs enlouqueceram e em poucas horas a primeira tiragem de mil cópias já estava esgotada no site. Com o sucesso de vendas a Universal Music repôs o estoque e venderam toda a segunda tiragem de três mil cópias.

Porém, quando os sandyjuniordianos começaram a receber seus boxes não tiveram uma boa impressão do material. Literalmente. Erros ortográficos, impressões de péssima qualidade e capas cortadas erroneamente, baixa gramatura do papel utilizado nos encartes e exclusão de letras de músicas.

Como a união dos colecionadores faz a força, diante de tantas reclamações e até de um abaixo-assinado, a Universal Music enviou mensagem a alguns consumidores dizendo que iria trocar o CD que causou mais rebuliço: em Sonho Azul, o cantor Xororó dividiu a direção com o produtor musical conhecido pelo apelido de “Feio”. Só que o (in)corretor ortográfico (ou algum estagiário engraçadinho sem supervisor) transformou a conjunção coordenativa aditiva “e” no infinitivo do verbo “ser”na terceira pessoa do singular e a dupla de nomes próprios virou uma ofensa ao pai de Sandy. Tá lá, na estampa do CD: “XORORÓ É FEIO”.

Apesar da promessa do envio de uma versão corrigida do CD, a Universal Music não se manifestou sobre os inúmeros outros problemas. Como apontado aqui pelo BJC em post recente, o problema do mercado não é só a expansão do streaming, mas principalmente o péssimo serviço oferecido aos consumidores há tempos. O caso dos CDs é ainda mais emblemático pois hoje podemos ouvir música de graça oficialmente e mesmo assim as distribuidoras tentam nos vender CDs sem nenhum atrativo extra por preços que não fazem sentido algum.

Já pensaram se as distribuidoras resolvem gastar alguns trocados a mais e vender produtos mais colecionáveis como este CD da Britney Spears?

Detalhe: Esta edição foi feita por um fã. Não passou da hora de termos mais fãs no comando das distribuidoras? Vamos continuar nesta má fase ou vamos pular? (Rá!)

Bem, mas como a gente sabe que você, leitor do BJC, quer é ver baixaria, dá só uma olhada no show de feiúras do famigerado box comemorativo dos 30 anos de carreira da dupla Sandy & Junior:

CD SONHO AZUL: Falta das letras no encarte, erro envolvendo o nome do pai da dupla (O correto seria Xororó E Feio, apelido do outro produtor do CD).

CD da época

CD do box:

Um fã recebeu um disco de plástico ao invés do CD PRA DANÇAR COM VOCÊ:

VOCÊ É D+ : No lançamento o lápis vinha na frente da mão da Sandy. Nesta nova versão uma mão mutante da cantora o encobre.

Má qualidade de impressão em todos os álbuns, sendo que em uns as imagens estavam mais escuras e em outros, mais claras. Em especial em Sandy & Junior 2001 os fãs relatam que todo o encarte parece de um CD pirata.

CD da época

CD do box

Alguns receberam o CD INTERNACIONAL com chiados em algumas faixas e falhas na impressão.

[Colaborou Celso Menezes]

Mais vendidos na loja de CD e vinil na Amazon Brasil

LINK DIRETO