Detalhes do box completo de Guerra, Sombra e Água Fresca

Confira o tijolão com 27 discos!

0
563

Ano que vem fará 20 anos da queda do World Trade Center. Agora imagine se de repente surge uma sitcom com este tema. Sim, aquele formato com risadas pra você saber que uma piada foi feita. Você levaria numa boa?

Pois foi este o desafio de Hogan´s Heroes ou Guerra, Sombra e Água Fresca aqui no Brasil. Vinte anos após o término da Segunda Guerra Mundial, com as feridas ainda bem abertas, a CBS colocou no ar um seriado que se passava num campo de concentração e tinha personagens nazistas entre os protagonistas.

Porém, o que podia facilmente soar como mal gosto e afastar o público revelou-se um enorme sucesso, colocando o programa no top 10 da TV norte-americana no ano de 1965. Além de um carismático elenco, o fato de mostrarem os nazistas como completos idiotas amenizou um ambiente que tinha tudo para ser pesado.

E os atores tinham autoridade para viverem aquela ficção sem receio de serem vistos como exploradores de tragédia: vários deles serviram na Segunda Guerra Mundial e um deles chegou a ser prisioneiro em um campo de concentração. Não só isso. Os principais personagens nazistas eram vivido por, veja só você, judeus que fugiram da Alemanha durante a Guerra.

A série foi um sucesso pelas seis temporadas em que foi ao ar mas seu fim causou um certo amargor na boca de seus fãs. Isto porque o último episódio, Rockets or Romance, começa e termina como qualquer um dos seus outros 168 episódios, com os herois enganando os bandidos. Querendo que a série fosse vendida no formato syndication mundo afora, os episódios não tinham nenhuma cronologia e a CBS achava que o último episódio era só mais um episódio no pacote de 168 que eles podiam vender para que passassem na ordem que bem entendessem.

Depois de Guerra, Sombra e Água Fresca a mesma CBS exibiu outra série humorística passada em outra guerra, agora a da Coreia, e que obteve ainda mais sucesso: M*A*S*H*. Desta vez, talvez por causa das críticas de não finalizarem Guerra, o último episódio de M*A*S*H*, em 1983, teve duas horas e meia de duração e foi por muito tempo a maior audiência da TV americana, com mais de 100 milhões de expectadores.

Esta edição que chegou da World Classics é excelente. Dei uma fuçada nas temporadas e achei a imagem variando de boa a ótima (abaixo tem cenas de alguns episódios para vocês conferirem). Está claro que houve um cuidado no trabalho de remasterização. O formato da tela é o 4:3 e as duas primeiras temporadas vem com a opção da dublagem em Português (além das legendas, claro, presentes em todas as temporadas).

A segunda e a terceira temporada trazem alguns extras, exatamente como os boxes lançados lá fora. As artes – o único ponto que ao meu ver podia ser melhor – também é cópia do que foi feito lá fora e a qualidade do material físico é de primeira, como é de praxe da World Classics. Estava louco pra conhecer esta série e agora poderei fazê-lo da melhor forma possível. Você também pode comprar os boxes separadamente mas se resolver desembolsar a pequena fortuna pelo box completo com os 168 episódios em 27 discos, pode ir sem medo que vale cada centavo.

    

Sinopse: GUERRA, SOMBRA e ÁGUA FRESCA – A Coleção Completa

Ambientada durante a Segunda Guerra Mundial, a série cômica ”Guerra, Sombra e Água Fresca” mostra as peripécias de um grupo de prisioneiros no Campo 13, narradas com muito bom humor. Eles se passam por prisioneiros de guerra, mas na verdade, são agentes secretos a serviço dos Aliados. Suas missões incluem sabotagens, fugas de prisioneiros e até sequestros de cientistas. A equipe é comandada pelo Coronel Robert Hogan, e formada pelos Sargentos James ‘Kinch’ Kinc e Andrew Carter, além dos soldados Louis LeBeau e Peter Newkirk.

Extras: Raro filme em 8mm do set das gravações
Apresentação especial de Bob Crane em The Lucy Show
Comerciais de TV
Galeria de Fotos

          

 

Edição na Amazon Brasil

LINK DIRETO