RESENHA | Os Goonies em Blu-ray 4K dos EUA

Todos os detalhes da edição recentemente lançada!

0
890

Olá, amigos colecionadores!

Dessa vez vamos chamar a atenção de todos para o Blu-ray 4K UHD de Os Goonies, recém lançado nos Estados Unidos. Se você, assim como os Brothers, era um pequeno Goonie quando Richard Donner lançou ele nos cinemas em 1985, deve lembrar desse clássico com muito carinho e nostalgia. O filme, com um roteiro relativamente simples mas incrivelmente cativante, criou uma legião de fãs em todo o planeta, sendo uma referência mundial, até mesmo em produções mais recentes, como a série Stranger Things.

Os Goonies foi filmado utilizando câmera de 35mm fotoquímico (película), e para alegria geral dos amantes de tecnologia, assim como nós, a Warner realizou um novo master 4K a partir do negativo original, trazendo um nível de cores aprimorado com o HDR e detalhes muito mais precisos.

Voltando um pouco no tempo,  Os Goonies foi lançado em Blu-ray pela primeira vez em setembro de 2011 nos EUA. Utilizando o Codec VC-1, um dos primeiros codecs de compressão de dados para o Blu-ray, e com uma taxa média de 22,40 Mbps, foi um lançamento muito elogiado na época. Mas, com o chegada do filme em mídia 4K, a edição em Blu-ray mostra sua idade.

Como curiosidade, a taxa média de um filme em DVD é de 7 a 9 Mbps. Já os filmes em Blu-ray apresentam uma taxa média entre 22 e 30 Mbps. Os filmes transmitidos via streaming, por serviços como Netflix, Amazon Prime, GloboPlay e AppleTV+, possuem uma taxa média de 5,8Mbps para filmes em Full HD e 20 a 24 Mbps para filmes em 4K, podendo ocorrer baixa considerável de bitrate em situações extremas de tráfego de dados da internet. Como por exemplo, em conexões abaixo de 25 megas ou até mesmo devido a cortes propositais para aliviar o tráfego de dados das operadoras de internet, como tem ocorrido nos últimos meses graças à pandemia da Covid. Para os filmes lançados em mídia 4K temos um bitrate entre 64 e 80 Mbps, o que justifica a grande melhoria apresentada na qualidade da imagem.

Quanto maior o volume de dados transmitidos por segundo (Mbps) menor será o número de artefatos na imagem (imperfeições geradas pela baixa taxa de Mbps) gerando assim uma qualidade final de imagem muito superior, como vocês verão agora no nosso novo vídeo review de Os Goonies em Blu-ray 4K UHD no vídeo acima.

  • Clique aqui e se inscreva no canal dos Brothers no YouTube

Edição de Os Goonies na Amazon dos EUA
(use Shipito para fugir do imposto antecipado)

CLIQUE AQUI