RESENHA DO LEITOR | 12 Homens e uma Sentença

Confira resenha técnica da edição lançada pela Versátil

0
1587

por Pedro HB (originalmente postada no Grupo do BJC no Facebook)

Segue meu veredito do filmaço 12 Homens e uma Sentença da Versátil. Temos três edições: MGM (europa apenas), Criterion e Versátil. A mesma restauração foi utilizada nessas edições. Não tenho a edição da MGM então recorri ao caps-a-holic (site de capturas) nesse caso.

Na edição da Criterion foi utilizado um BD50 (dupla camada) por conta dos extras estarem todos no mesmo disco. Já na Versátil foi utilizado o BD25 (camada simples) devido à maior parte dos extras estarem no DVD. O arquivo do filme em si ocupa 18,6GB de espaço na Criterion (do total de 42,5GB do disco) e 20,4GB na Versátil (do total de 22,2GB do disco). Conforme BDInfos abaixo, a bitrate de vídeo média é de aproximadamente 30mbps na edição da MGM, 24mbps na edição da Criterion e 27mbps na edição da Versátil. Dito isso, observando as bitrates e tamanho dos arquivos, poderíamos concluir que a edição da MGM é a melhor, seguido da Versátil e a Criterion em último. Mas não, infelizmente. A edição da Versátil está um pouco mais comprimida de todas. Não é nada gritante nem preocupante à la Código Nolan ou Enigma do Outro Mundo do Essencial Carpenter. Não chega a incomodar ou atrapalhar, mas nas TVs maiores essa leve pixelização fica mais evidente. Novamente, não interfere na visualização do filme, mas dá pra ver que tá lá. A compressão da Criterion também não é perfeita, mas está levemente superior. A da MGM ainda ganha de todas.

Acima: dados da edição da MGM

 

Acima: Dados da edição da Criterion

 

Acima: dados da edição da Versátil

O áudio está em LPCM 1.0 48kHz/16bit na Versátil, LPCM 1.0 48kHz/24 bit na Criterion e DTS-HD MA 1.0 48kHz/24bit na MGM. A diferença de 24bit pra 16bit em áudio, pelo que já me informei sobre assunto, não é audível e não reduz a qualidade tal como uma compressão para formato lossy (Dolby Digital, mp3 e etc) reduziria. É uma “redução” diferente. E uma gravação de 1957 cabe com muita folga no que o 16bit pode oferecer. Temos também a inclusão da dublagem. A qualidade está razoável, com alguns ruídos perceptíveis nos diálogos, mas nada que prejudique tanto a qualidade. Uma curiosidade, logo na cena inicial, quando o juiz dá as instruções pros jurados, quase todo o diálogo é substituído por música de fundo. Pois é, o dublador estava com preguiça esse dia.

Temos todos os extras da Criterion e MGM distribuídos entre o Blu-ray e o DVD. A única exceção é um comentário em áudio da MGM, que também não está na Criterion.

Uma edição caprichada, como sempre. Temos a luva, o pôster e dois cards. Eu ainda prefiro um livreto com uma resenha do filme, notas técnicas e etc. Como ainda não recebi o Noite dos Mortos-Vivos (comprei com outra edição com entrega posterior), eu não sei exatamente qual foi o problema com o pôster. O desse filme está legalzinho, um pouco quadriculado nos contornos das letras, conforme as fotos. Como o pôster não é grande, talvez não devesse estar com esse pequeno quadriculado. Mas sei lá também.

Clique aqui e confira todos os prints em PNG e demais infos. Os prints 01 ao 06 são só Versátil e Criterion. Do 07 em diante eu inclui os da MGM que peguei do site caps-a-holic junto com o mesmo frame da Versátil e Criterion.

Concluindo, tecnicamente está muito boa essa edição. A compressão de vídeo poderia estar um pouco melhor, mas não está nada ruim. Quando fiz o post de “protesto” do Enigma do Outro Mundo do Carpenter Essencial, devido à compressão estar muito alta sem necessidade, a conduta da Versátil foi totalmente adequada. Não só mostraram que sabem conversar com seus clientes, mas também mostraram que estavam atentos a essa questão, quando logo em seguida veio o Sete Samurais com uma melhora expressiva na parte técnica, e praticamente chegaram à perfeição com o próximo lançamento, Dr. Fantástico, cuja compressão está idêntica às das edições gringas. Gostaria muito que se tivesse mantido esse padrão aqui. Não que tenha despencado aqui. Longe disso. Mas acho que dá pra ligar o sinal de alerta. Sei que é possível sim lançarmos uma edição tecnicamente equivalente ou superior às edições gringas, e temos competência de sobra pra isso.

Link para lançamentos e pré-vendas na Amazon

CLIQUE AQUI